Uncategorized

Permita se

Deixe vir. Sinta a brisa, ouça os sons, não force! Apenas deixe vir… Não queira estar preparada (o), permita que a descoberta aos poucos te prepare para o mundo ou para a vida!

Ao nascer, não estamos preparados para nada, e dia a dia, nossa experiência com o mundo, as pessoas e o meio vai se construindo… Nós só precisamos estar! Estar presente no aqui e no agora. Por isso, não há porque forçar nada pois o presente nos leva para onde tivermos que ir, só permita-se!

O presente não cria ilusões ou decepções… Nós é que as criamos por tantas coisas que trazemos e vemos dentro da gente. Olhe para fora agora, só por hoje! E amanhã faça a mesma coisa, olhe para fora.

Pronto! Este é o presente, o que você decidirá fazer com ele? Vai deixá lo ir ou então, vai aproveitá lo de uma forma totalmente diferente dos dias passados? Não deixe o presente em branco para rememorar o passado doloroso, não queira por vontade própria reviver esse tipo de experiência de novo! Você já não está mais lá (passado), você está aqui e pode, e deve permitir-se viver novas sensações e fazer delas lembranças mais agradáveis para recordar-se lá na frente… Ou ainda melhor, você só deve viver cada dia da melhor forma possível. E sim, é possível!

E quando abrir os olhos pela manhã, ou simplesmente, quando abrir os olhos a qualquer momento, volte o seu olhar para a imensidão do céu! Olhe para essa imensidão diurna ou noturna e recorde-se que ele é um só para todos e no mundo todo, cada um com suas particularidades é que decidirá, como vou olhá-lo? Vou lançar meu olhar…ele será um olhar marejado de lágrimas porque você quer lembrar-se das dores ou das muitas lutas diárias? Ou será um olhar sem pretensão? Nao?! Será um olhar de quem quer descobrir-se ou descobrir o que de novo eu posso viver? Você vai escolher, permita-se!

Experimente abrir e fechar os olhos quando não houver nenhuma nuvem…de dia…e repita essa ação por quantas vezes quiser! Uma hora pode ser que apareça um pássaro, outra um avião, talvez até uma nuvem, mas por um período bom, quando você abrir os olhos só o que verá é uma imensidão azul e limpa…sabe o que foram esses detalhes que apareceram enquanto você estava de olhos fechados? São, pois é presente! Eles são as coisas imprevisíveis que não podemos mudar. Agora e as repetidas vezes que abriu os olhos e só viu o céu azul? Aahh… Este é o presente que estou te mostrando! É esse o presente de permitir-se viver aquilo que está fora dos imprevistos, esse é o presente de permitir-se ser mais….

O que é esse ser mais? É ser o que você quiser ser! Mais feliz, mais alegre, mais verdadeiro, mais esperançoso (a), mais grato e mais, e mais…Seja quantos mais quiser ser, permita-se 😉

Anúncios

O que achou? Se gostou, compartilha.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s