Direto do coração · O que estou sentindo

E se eu falar

Por 17 anos a rotina foi a mesma, com exceção do período escolar que uma hora ou outra algo quase imperceptível acontecia…  era preciso pegar condução e assim, podia esquecer um pouco a prisão do meu quarto e os pensamentos;

Ainda me sensibilizava ao ver olhos lacrimejantes ou então quando ouvia algum tipo de declaração sincera, não que tivesse que ser de amor mas tratando-se de abrir o coração e expor tudo o que vem de dentro, já bastava para me emocionar.

Acho errado que sempre coloque “eu” nos meus escritos mais se sou a pessoa que sente e vive essas situações, quem mais poderia ocupar este lugar? Que outra pessoa poderia tomar o lugar desse eu?

Muitas cenas que se não vistas, apenas imaginadas despertam em mim não sei o quê?! Por dentro sinto que estou sendo sufocada por um soluço que sobe até a garganta e sai em forma de lágrimas, não saberia e nem sei explicar por que isso acontece. Se estou sozinha em meu quarto e penso no sofrimento que muitas crianças vivenciam enquanto tenho o que vestir, comer e onde dormir, o soluço me tira a respiração e me contorço na cama de modo a sentir no lugar desses inocentes, as privações que vivem gratuitamente sem merecerem, mas infelizmente, esse meu estado de paralisia não contribui para nada, não muda nada, nem mesmo eu. 

Surgem muitos desejos de viajar só para abraçar alguém que está longe, só para abraçar e chorar junto, e junto também tentar encontrar uma forma de amenizar essas dores que tantas pessoas sentem diariamente. Não consigo não sentir, não consigo ser indiferente ao sofrimento, a alegria e tristezas de outrem, eu quero não sentir mais eu sinto.

O tempo não é bom sempre. O que há sempre é um círculo vicioso de pessoas morrendo, crescendo, sofrendo, se apaixonando, se machucando… só gostaria que todos fôssemos se não felizes, ao menos, capazes de enfrentar as dificuldades com coragem e esperança. Dói demais não ter esperança e não enxergar meios que nos tire de dentro de nós e de nossa dor.

Nunca me canso das coisas simples, nunca me canso de me emocionar por ver uma família unida buscando fortalecer um ao outro em qualquer situação. Não canso de ver casais casando-se ainda que muitos se divorciem todos os dias, eu gosto dos começos e de como as pessoas aprendem a conviver no decorrer dos anos após se conhecerem melhor diariamente.

Não sei qual é o meu problema, só sei que tenho todos os problemas dentro de mim e que se dependesse só de mim, de meu pedido, eu diria para cada um: “seja leve! Seja você, por isso, seja leve!”

Anúncios

4 comentários em “E se eu falar

  1. Existe uma alegria que caracteriza a interação familiar de um casal. Ao passarem o dia separados, o simples ato de reencontrarem-se, fá-los felizes, aprofundando a amizade e o carinho recíproco, e amadurecendo o amor que os envolve. Há que compartilhar tudo com seu conjugue, para que o tédio não se instale em suas vidas.
    O casamento, o relacionamento devem estar sempre em primeiro lugar, sempre antes dos filhos, se os houver, e antes da restante família. Assim nada nem ninguém, pode substituir-se ao amor entre o casal. Eventualmente os filhos se vão, a restante família se vai, e ficam somente os esposos. Mas o convívio com atividades diversas e os jantares com toda a família são essenciais para manterem-se conectados e unidos na amizade, para que ninguém procure constante excitação fora do seio familiar.

    Abração!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sempre bom ler seus comentários. Eu particularmente gosto porque se escrevo sobre muitas coisas que ainda não vivi na pele, você vem com sua história de vida e experiência…então, vejo que estou no caminho certo, que estou escrevendo sobre pessoas reais que sempre tem algo a nos ensinar. 🙂 Você falou tudo!!!

      Curtido por 1 pessoa

      1. Ah… uma simples proposta… nunca pare de ler… nunca pare de estudar… a cultura e a sabedoria, são algo que alimentam nosso corpo e nosso espírito!
        Sempre que for possível, é tentar ajudar todos aqueles que necessitam de crescer na vida, aqueles que com mais cultura educacional poderão desenvolver seu potencial, para poderem deixar de ser simples crianças desnutridas de corpo e cultura e serem capazes de olhar o mundo com uma esperança superior.

        Vou enviar-lhe estes sites com muito boa leitura gratuita: (https://portugues.free-ebooks.net/) e (http://www.nomundoenoslivros.com/)

        Curtido por 1 pessoa

O que achou? Se gostou, compartilha.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s