Mundo · Opinião · Papo Histórico

Ah Revolução Industrial

Revolução

Quando a Revolução Industrial nos visitou pela primeira vez a quatro séculos atrás, trouxe na bagagem artefatos alucinantes que fizeram a boa vida dos industriais e a miséria do povo, depois disso ela nunca mais foi embora.
Com a invenção do navio á vapor e da locomotiva, as transações comerciais que duravam meses por mares e terras, foram reduzidas a dias! Voalá! Opa! Tic-tac! Tic-tac! Tempo é dinheiro. Sim, tempo é dinheiro e oportunidade de negócio. Os comerciantes não estavam dispostos a perder um minutinho sequer com a ociosidade, portanto, usaram-se da astúcia para aproveitar os presentinhos da Revolução. Agora com as fascinantes linhas férreas e o navio, grandes quantidades de mercadorias eram transportadas ora a cidades ora a países e o tempo que restava dessas viagens antes longas, passou a ser aproveitado em outras atividades que lhes pudesse impulsionar os negócios e de quebra render money, Money!
Vejam bem, como essa visita veio assim como quem não quer nada e deixou esses brinquedinhos de exploração braçal aos industriais, nesta categoria temos as máquinas, considero justo apelidar a visitante de Revolução Desnatural!
Corta pra mim leitores curiosos! A Desnatural causou um avanço surpreendente no modo de produção e sem querer revelar-se por inteiro, tornou-se amiga do peito dos donos de fábricas, bancários, comerciantes e etc. Vocês já sabem que amigos ao se juntarem, sempre aparecem com um assunto “podre”. Pois é, imaginem então quando a pessoa é nova e vem de outros países, tipo, a Desnatural era da Europa, só por isso já tinha prestígio.
Ela ensinou direitinho aos burgueses e tem mais, deu toda a “fita” de como deveriam tratar os proletariados. Surgiu até a conversa que o povo precisava seguir o ritmo das máquinas e para isso, tinham que trabalhar mais rápido e por mais horas, coitados… Nós que nascemos para amar, ser feliz, desfrutar da família e do lazer, passamos a andar ligados no século XVIII e de lá para cá, as coisas só pioraram. O chicote só estrala no lombo do trabalhador!
Agora os empresários de hoje gostaram tanto das dicas que exigem que saibamos falar três ou mais idiomas além de ter mestrado, doutorado e outros títulos que logo mais eles inventarão! Cada vez mais os herdeiros burgueses e amigos da Desnatural tiram da manga um brinquedinho que nos isenta de um salário digno, do tempo para o que realmente nos importa, cito nossa família e tempo pra nós.
A sociedade se prostrou  diante da Revolução Desnatural e desde então, nunca mais se ergueu, fez dela seu guia supremo e eterno.
Daqui a pouco me aparece os seguidores da Desnatural. Podem me criticar e jogar pedras no meu telhado, mas saibam que lá em casa agora é de laje, adoro! Quero que digam sobre as alegrias infindas que a Revolução trouxe ao POVO. Andem! Marchem! Comprem! Consumam! Não se intimidem e comecem seus depoimentos.
Anúncios

O que achou? Se gostou, compartilha.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s