Uncategorized

Uma casa incomum

Moro em uma casa onde o gato lati, o cachorro mia, a galinha voa e o pássaro cisca no quintal.

Na minha casa as visitas entram pela janela e contemplam o jardim através da porta. No momento das refeições, sentamos na mesa e servimos o jantar pela manhã e o café a noite, claro, sempre com uma bela toalha para cobrir as cadeiras e deixar as refeições ainda mais prazerosa.

Quando entro para ir a padaria, cumprimento os vizinhos, me despeço e ali ficamos conversando por horas, não percebo o tempo passar, digo oi e continuo a minha andança. Ao chegar na padaria falo logo com o freguês se as verduras estão frescas, ele sempre amável me questiona que sim! Compro meia dúzia de tomate, um quilo de ovos e um maço de bananas.

Saio. Chego em casa e encontro uma bagunça total, na cozinha minhas sobrinhas aproveitam o rádio para  assistirem DVD e na sala, meu irmão escuta os seus CD’s aproveitando a TV.

Olha, estou para ti dizer que essa vida é fácil. Quando deito para acordar, o Sol já raiou, o mundo desembuçou suas cores e tudo permanece na mais gloriosa paz.

Minhas sobrinhas sempre me falavam por que todas as pessoas do mundo inteiro são diferentes de nós? Então dizia: Porque somos capazes de criar e imaginar algo novo dia a dia. Quando nos desapegamos das coisas que são usuais para o mundo, estimulamos a se lembrarem de quem somos de outra forma. Sem mesmice, falsidade, ódio, pobreza ou miséria, desse modo, fazemos do indevido algo admirável, especialmente, autêntico.

 

Anúncios

O que achou? Se gostou, compartilha.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s