coisas da vida

Qual o seu ofício?

Nestes últimos dias ou tempos, tanto faz, meu ofício tem sido procurar uma ocupação em lugares onde parece nada a ver. Olha, posso garantir que a canseira é certa, quanto mais e mais a gente se preocupa em achar um ofício, mais distante ele se faz de nossa realidade. Por enquanto, vou ocupando me do ofício do tempo. Sabe aquele ofício onde temos a impressão de que o nosso momento é chegado? Pois é. É a este ofício que dedico cada instante e piscar de olhos que ainda perduram.

Também o ofício da lembrança tem sido marca registrada. Proponho que se houver nova chance de viver, talvez em outro tempo, realize-se um manual com indicações do que fazer, porque ao que se vê, a propaganda da existência está defasada e falida!

Onde estão os patrocinadores de uma vida livre da opressão desigual? Quero licença sem fim para imaginar e fazer valer cada esforço cumprido para vencer.

O ofício clássico de muitos de nós nestes últimos dias , se é que posso expressar assim, forma-se constantemente com muita luta, vontade de vencer, coragem e a certeza de que somos capazes e, ainda iremos além de nossos sonhos de apenas ser, ou de ter um ofício.

Porque eu confesso que já cansei do ofício de ser humano. Cansei do ofício de ver a impunidade crescer, a violência e o preconceito criarem asas e tomarem grandes proporções  em todo mundo. Cansei do ofício de chorar e ver a fome, a guerra, a miséria, o sofrimento, a morte, a dor! Pra mim chega deste ofício, já me ocupei demais dele, agora basta.

Da próxima vez , quero ter o ofício do pôr-do-sol que nasce entre as montanhas, o ofício das borboletas que pousam em lugares “cinzentos”, mas que o transforma com suas cores; Quero ter o ofício da luz em meio a escuridão, o ofício das rosas que brotam e exalam seu perfume sem artifícios; Quero ter o ofício da alegria que produz o sorriso, o ofício do mar que comporta em si variedades de espécies marinhas; Quero ter o ofício dos alimentos que são fontes essencias de sobrevivência, o ofício da saúde de produzir bem estar e qualidade de vida; Quero ter um ofício realmente importante e insubstituível por gerações a gerações. Quero ter o ofício de fazer de um grão de areia um grande e belo castelo! Gostaria muito do ofício de fazer do nada, tudo, tudo de bom e excelente para nós.

Anúncios

O que achou? Se gostou, compartilha.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s